25 de Setembro de 2018 | 05:13

Campo Grande, MS °C
-->
Noticia de: 21 de Novembro de 2017 - 09:33
Fonte A - A+

Em 15 anos, aposentarias de servidores custou R$ 500 bi a mais do que a Saúde

evantamento do Governo Federal aponta que, entre 2001 e 2016, o regime de aposentadoria dos servidores públicos federais consumiu R$ 500 bilhões a mais do que foi gasto com saúde. O valor também representa mais de 50% do que foi investido em educação no país.

De acordo com o jornal O Globo, esses dados serão apresentados ao Congresso Nacional para convencer os parlamentares sobre a necessidade de aprovar a reforma da Previdência. Neste período de 15 anos, o rombo do sistema previdenciário do funcionalismo atingiu R$ 1,325 trilhão, para atender a um milhão de beneficiários, enquanto coube à saúde pública R$ 800 bilhões para um universo de 200 milhões de brasileiros.

Os dados foram compilados pelo professor de economia da PUC/Rio José Márcio Camargo, que fará palestra durante jantar a ser oferecido, nesta quarta-feira (22), pelo presidente Michel Temer (PMDB) aos deputados da base.

Segundo o economista, no setor privado (INSS), o déficit do regime previdenciário — que dá cobertura a 30 milhões de segurados — foi de R$ 500 bilhões, também em 15 anos. Para Camargo, os números revelam a desigualdade de regras entre os regimes. Ele destacou que o regime de aposentadoria do setor público está concentrado nos 10% mais ricos da população, enquanto o INSS é voltado para 50% mais pobres.

No levantamento que será detalhado aos parlamentares, Camargo compara os gastos previdenciários aos do programa Bolsa Família, que custou ao governo R$ 250 bilhões em 15 anos e consegue atender aos 30% mais pobres do país.

social aqui