26 de Setembro de 2018 | 05:35

Campo Grande, MS °C
-->
Noticia de: 26 de Setembro de 2017 - 13:47
Fonte A - A+

JOGOS RADICAIS TRAZ PARA CAMPO GRANDE ELITE DO ESPORTE E FOMENTA TURISMO LOCAL

Diante disso, os governos federal, estadual e municipal estão unidos com a iniciativa privada para promover os jogos, que prometem levar o nome de Campo Grande para todo o país

Os Jogos Radicais Urbanos, lançado na manhã desta terça-feira (26), vai reunir a elite de atletas das modalidades de stand up paddle, corrida de trilha e mountain bike, além de fomentar o desenvolvimento local, mostrando o potencial turístico de Campo Grande. Unindo a natureza e a urbanidade, os jogos mostram para todo o tranding nacional e internacional que a Capital Morena tem muito a desenvolver e oferece diferenciais que nenhuma outra cidade tem. Andar por uma capital de quase um milhão de habitantes e se deparar com araras, capivaras, tucanos, entre tantos outros animais do cerrado brasileiro, é uma particularidade que somente Campo Grande tem.

Foto: Geronimo Interlandi

Foto: Geronimo Interlandi

Diante disso, os governos federal, estadual e municipal estão unidos com a iniciativa privada para promover os jogos, que prometem levar o nome de Campo Grande para todo o país. O evento será nos dias 17, 18 e 19 de novembro, no Parque das Nações Indígenas e no Parque Estadual do Prosa.

Para o prefeito Marquinhos Trad, o evento vem mostrar que Campo Grande não pode ser grande apenas no nome, mas em suas ações e seus gestos. “Aqui estão o governo federal, o estadual e o município. São cerca de 1 mil atletas, que vêm com outras pessoas, com suas famílias, o que vai movimentar a nossa cidade. Um evento como este traz a certeza da importância da união entre governos e iniciativa privada. Os nossos patrocinadores e a apoiadores estão de parabéns, porquê sem eles não poderíamos realizar os Jogos Radicais”, salientou.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte, Rodrigo Terra, frisou que os Jogos Radicais têm a cara da nossa cidade, a cara do nosso estado. “Um evento que trabalha com modalidades esportivas que só crescem no mundo, que são modalidades ligadas aos esportes da natureza, com uma característica muito própria. Campo Grande é uma cidade como poucas no Brasil, e até no mundo. Tem a junção da urbanidade com a natureza. Em qual lugar no mundo você para no sinal e um tucano pousa no poste ao seu lado? Que uma arara passa voando em cima? Em que a gente tem que parar o carro para o quati passar? Essa ligação de natureza e urbanidade é o grande charme deste evento”, avaliou.

Para Melissa Tamaciro, do Campo Grande Destination, esse charme traz uma nova marca para Campo Grande, que pode se tornar o grande mote da nossa cidade enquanto destino turístico. “Esse evento não é só radical no quesito esporte, mas no impacto que ele pode causar para toda a cadeia de empresas, pessoas, famílias, dentro da cidade de Campo Grande. Ele é totalmente inovador, envolve dois parques, um ainda muito desconhecido do grande público. O nosso desejo é que ele seja um evento de assinatura da cidade, pois traz um diferencial para Campo Grande. É difícil a gente se diferenciar diante de grandes centros internacionalmente, e este evento traz o nosso mote: Campo Grande urbana, mata e saúde”, enumerou.

Responsabilidade

Secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Ricardo Sena, explicou que antes de firmar a parceria com o município o governo do estado avaliou todos os riscos ambientais. “Nossa primeira preocupação foi chamar a equipe do Imasul e avaliar se haveria algum impacto ambiental. Não vamos atrapalhar o ritmo das capivaras, dos pássaros… Não vamos atrapalhar a vegetação, não vai ter corte, não pode ter nada. Vamos respeitar o meio ambiente. Fizemos as análises da água, então tomamos todos os cuidados antes de fecharmos a parceria e fazer esse evento. Esse cuidado ambiental é importante e precisamos abris nossas unidades de conservação à população, para que as pessoas tenham essa consciência ambiental”, disse.

Nesta mesma linha, o gerente de esporte e lazer da Fundesporte, Rodrigo Barbosa Miranda, explicou que feitas as devidas avaliações não poderiam deixar de apoiar a prefeitura nesta 1ª edição dos Jogos Radicais Urbanos. “É muito importante para o nosso estado este afinco com o esporte e pela qualidade de vida das pessoas. Desde que iniciamos no Governo do Estado temos tentado trazer grandes eventos esportivos e no primeiro ano desta administração temos conseguido trazer grandes eventos. Estamos de portas abertas para continuar com esta parceria”. Afirmou.

Três modalidades

O evento vai trazer os melhores do país nas modalidades de stand up paddle, corrida de trilha e mountain bike. Para isso conta com o apoio das Federação de MS de Ciclismo, Federação de Atletismo de MS e Confederação Brasileira de Stand Up Paddle.

Presidente da Federação de MS de Ciclismo, Carlos Cesar Gimenes contou que já fez diversos eventos com o diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra, e vê nesta ação mais um sucesso. “Eu acredito que esta 1ª edição dos Jogos radicais vai seguir o mesmo caminho d eoutros eventos que fizemos, como o Pantanal extremo que foi um grande sucesso”, avaliou.

Já a secretária-geral da Federação de Atletismo de MS, Janaina Lopes, acredita que os jogos vai ajudar a promover a corrida de trilha, ainda pouco conhecida em Campo Grande. “O Jogos Radicais é muito importante porque é uma estimulação para os atletas, que ainda não conhecem muito a corrida de trilha. Aqui temos muito corrida de rua, e com os Jogos Radicais vamos fomentar esta modalidade que está começando a ser mais conhecida aqui no nosso estado”, disse.

O presidente da Confederação Brasileira de Stand Up Paddle, Ivan Tadeu dos Santos, pontuou que depois de 5 anos vindo ao Mato Grosso do Sul (para o Pantanal Extremo), hoje está na Capital para lançar o evento que terá a final do Brasileiro de Stand Up Paddle. “Para mim é uma honra ver tanta gente envolvida, de vários setores, em um projeto como este. O Stand Up é o esporte que mais cresce no mundo e este ano a gente recebeu 18 propostas de etapas de campeonatos brasileiros e escolhemos Campo Grande porque vimos que aqui há competência para um evento deste porte”, frisou.

Inscrições

As inscrições serão online e iniciam dia 1º de outubro. A expectativa é movimentar 800 atletas, 450 para corrida de trilha, 200 para mountain bike e 150 para stand up paddle que receberá a 4ª da etapa do Circuito Nacional em 2017. O evento é promovido pela Prefeitura de Campo Grande e o Governo do Estado de MS e contam com a parceria de empresas privadas.

Mais informações acessem o site: http://www.jogosradicaisurbanos.com.br/

social aqui