19 de Novembro de 2018 | 03:23

Campo Grande, MS °C
-->
Noticia de: 12 de Maio de 2017 - 03:32
Fonte A - A+

Politicando

Jota Menon

HOJE!

Ser hoje o to esperado depoimento do ex-presidente da Repblica, Luiz Incio Lula

da Silva, na Vara da Justia Federal de Curitiba (PR). Estaro frente a frente o ex-chefe

do executivo Nacional e o homem mais temido do Ministrio Pblico Federal, o juiz

Srgio Moro.


PRISO

O encontro de Lula com Moro no ser num clima de cordialidade, embora o

magistrado venha pregando a importncia de se manter os nimos em nveis

administrveis. Na semana passada, Lula, em sua incontinncia verborrgica, afirmou

em comcio, durante Encontro Nacional do PT, que se no conseguirem prend-lo

bem provvel que ele, se eleito presidente da Repblica, em 2018, mande prender seus

detratores de hoje.


INDIRETA

Como para bom entendedor um pingo letra, o ex-presidente teria dito em outras

palavras que, se voltar Presidncia da Repblica, pode mandar prender, entre outros, o

prprio juiz Srgio Moro, hoje apontado como seu maior desafeto.


REPDIO

A fala de Lula gerou uma nota de repdio da Associao Nacional dos Promotores de

Justia do Brasil. Na nota, o presidente da entidade afirma que no compete ao chefe do

Executivo mandar prender no estado democrtico de direito e sim Justia. Em sntese,

a fala de Lula foi recebida como um discurso ditatorial, ou seja, a fala de um lder

poltico que no vacilaria, no futuro, atropelar o Judicirio para se vingar de quem o

investiga no presente.


EM BRASLIA

Por falar em depoimento do Lula, algumas dezenas de petistas sul-mato- grossenses

esto em acompanhando, hoje, o depoimento do ex-presidente Lula (PT) ao juiz federal

Srgio Moro, no mbito da Operao Lava Jato. Segundo presidente estadual do PT, o

ex-deputado federal Antnio Carlos Biffi, cerca de 30 mil pessoas so esperadas na

Capital paranaense para acompanharem o primeiro encontro de Lula e Moro, que

promete parar Curitiba. J a direo nacional da sigla espera pelo menos 50 mil

apoiadores do ex-presidente.


DINHEIRO SINDICAL

Biffi afirmou que o nibus que partiu de Campo Grande ontem para Curitiba foi

custeado por movimentos sindicais e sociais, que querem acompanhar de perto o

depoimento ao magistrado, no processo em que o maior lder petista ru em uma ao

penal por corrupo e lavagem de dinheiro.


POR FALAR EM PT...

Eleito no ltimo sbado (6) presidente do diretrio estadual do PT, o ex-governador de

Mato Grosso do Sul e deputado federal Jos Orcrio Miranda, o Zeca do PT, admitiu

que pode ser uma das apostas da legenda para o governo do Estado em 2018. uma

possibilidade, sim. No algo a ser descartado. Mas, o PT tem vrias alternativas,

inclusive de apostar na coalizo. Temos bons nomes no Estado, como o Ricardo Ayache

(PSB), o Nelsinho Trad (PTB), aponta.


POR FALAR EM PT... (1)

A entrada de Zeca na disputa pela presidncia do diretrio foi definida s vsperas da

conveno estadual, na ltima sexta-feira (5). O ex-governador disputou o posto com o

ex-prefeito de Mundo Novo, Humberto Amaducci. Dos cerca de 250 delegados

presentes, 180 votos foram para a chapa Unidade para Vencer, encabeada por Zeca.

A nica concorrente, Esperana Vermelha, obteve 45 votos.


NA CASA DA EX

A Polcia Federal realizou na manh da segunda-feira (8) operao de busca e apreenso

contra a ex-mulher do governador Srgio Cabral, Susana Neves. A suspeita de

ocultao de patrimnio, segundo informaes do Jornal O Globo. Susana j havia sido

levada para depor em janeiro, como parte da Operao Eficincia. A ex-mulher de

Cabral afirmou PF que recebia entre R$ 15 mil e R$ 20 mil mensais, em mdia, do ex-

governador. Os pagamentos funcionavam como uma espcie de penso informal, j

que no h acordo judicial determinando um valor. Um dos filhos o deputado federal

Marco Antnio Cabral (PMDB-RJ), que at recentemente ocupou a Secretaria Estadual

de Esporte do governo de Luiz Fernando Pezo.


DESTEMPERADO

Deu na coluna do meu amigo Marco Eusbio, conceituado jornalista de Campo Grande.

"Joo Doria foi alertado por diferentes interlocutores de que, se mantivesse a estridncia

das ltimas semanas, em breve estaria ao lado de Ciro Gomes no pdium nacional do

destempero. Prometeu, ento, recuar. Assessores dele frisam que este no seu modo de

ser, e creditam ao estresse o episdio das flores jogadas no cho e os xingamentos a

sindicalistas", diz Guilherme Amado no blog Lauro Jardim em O Globo.


ILEGTIMO

Na ltima semana, vrias notcias nacionais divulgaram a possibilidade de a Cmara

Federal aumentar o mandato do presidente Michel Temer at 2020, por meio de uma

PEC (Proposta de Emenda Constituio). Caso isso venha a ocorrer, o senador por

Mato Grosso do Sul Waldemir Moka (PMDB) j disse que ele ser contra. Segundo ele,

quem tem que aprovar um mandato maior a populao.


ILEGTIMO (1)

Moka enfatizou que no h legitimidade para que isso ocorra. Muito se falou sobre

esse assunto, mas no sei ao certo se procede. Agora eu, senador, no como lder da

bancada, sou contra a qualquer tipo de prorrogao de mandato. Acho que o Congresso

no tem essa legitimidade de prorrogar o mandato. Aia bem, n deputado?


GOVERNADOR P QUENTE

Em meio galera da geral do estdio Arthur Marinho, acompanhado do prefeito da

cidade, Ruiter Cunha, e do deputado estadual Beto Pereira de seu time tucano, Reinaldo

Azambuja ganhou fama de "p-quente" em Corumb ao torcer e ver neste domingo o

Corumbaense bater por 2 a 1 o Novo e voltar a conquistar o ttulo de campeo do

futebol de Mato Grosso do Sul depois de 33 anos de seca. E o governador torcedor

comemorou em dose dupla: seu Corinthians barrou a Macaca e levou o 28 trofu de

campeo paulista.

VIVA O PORCO!

social aqui