02 de Março de 2024 | 16:44
Campo Grande
-->
Noticia de: 05 de Outubro de 2023 - 07:00
Fonte A - A+

Com foco no enfrentamento à obesidade, Secretaria de Saúde realiza o 1º Sapso

A SES (Secretaria de Estado de Saúde), por meio da coordenadoria de Doenças Crônicas, realizou a abertura do ‘1º Sapso’ (1º Seminário de Atenção às Pessoas com Sobrepeso e Obesidade), no Auditório do Bioparque Pantanal, em Campo Grande.

O seminário é um desdobramento das ações para construção da LCSO (Linha de Cuidado do Sobrepeso e Obesidade) de Mato Grosso do Sul.

A secretária-adjunta de Estado de Saúde, Crhistinne Maymone, enfatizou a importância do tema.

“Sabemos que o estado está em uma fase de desenvolvimento e a temática da segurança alimentar e nutricional é extremamente importante e influenciada por políticas estruturantes. Como ela extrapola o setor saúde, a temática transita por várias políticas, programas e setores. Nós da Secretaria de Saúde e do Governo do Estado temos olhado para o assunto com bastante responsabilidade”.

Representando a coordenadoria das Doenças Crônicas, a enfermeira Michele Borsoi, elogiou a iniciativa e garantiu que o Sapso é resultado de muitos dias de trabalho e um evento construído a várias mãos.

“Nós não construímos políticas públicas, não construímos linhas de cuidado, não construímos nada sem ser a várias mãos. Então a primeira palavra é engajamento, a segunda é evidência científica, estamos nos pautando nas melhores evidências disponíveis e as evidências mostram que trabalhar com a condição crônica não é fácil e exige respostas complexas, soluções complexas e soluções complexas exigem olhares múltiplos, intersetorialidade, então temos buscado ouvir, ver, pactuar muitas coisas com muitos atores”.

O cuidado da obesidade inclui a atenção com a alimentação, mas também outros determinantes, como os ambientes. Por isso é indispensável um olhar sensível, colaborativo entre as diferentes áreas, para além do setor saúde, na construção de uma Linha de Cuidado do Sobrepeso e Obesidade no SUS (Sistema Único de Saúde) de qualidade.

A coordenadora geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Kelly Alves, também participou da abertura do seminário e destacou que o Sapso é uma oportunidade para a troca de conhecimento.

“Que a gente consiga ter debates muito frutíferos e que a gente saia daqui bastante empolgado e animados com os desafios e também com as possibilidades de ação para a promoção da saúde da população do Mato Grosso do Sul”.

 

Ao todo, foram ofertadas 250 vagas aos profissionais e gestores das Secretarias Municipais de Saúde dos 79 municípios do Estado, além da sociedade civil, instâncias de controle social, conselhos de classe e instituições de ensino superior.

O evento é promovido pela SES, por meio da coordenadoria de Doenças Crônicas, apoio da ASMAN (Associação sul-mato-grossense de Nutrição) e OCCA/UFMS (Observatório de Condições Crônicas e Alimentação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

social aqui