02 de Março de 2024 | 15:20
Campo Grande
-->
Noticia de: 23 de Junho de 2023 - 12:10
Fonte A - A+

Jovem morto no submarino estava apavorado antes da viagem, diz tia

Seu pai, o bilionário britânico Shahzada Dawood, também estava a bordo.

Reuters

O jovem paquistanês Suleman Dawood, de 19 anos, está entre as cinco pessoas mortas no submersível Titan. Suleman era aluno da Universidade de Strathclyde em Glasgow, na Escócia e acabara de concluir o primeiro ano. Seu pai, o bilionário britânico Shahzada Dawood, também estava a bordo.

Dias antes da viagem, o estudante demonstrou apreensão sobre a aventura. As informações foram reveladas pela irmã mais velha do empresário britânico, Azmeh Dawood, à NBC. Azmeh afirmou que ele “não estava muito disposto” e se sentiu “apavorado” com a expedição.

No entanto, segundo a tia do jovem, ele decidiu ir devido à coincidência da data da jornada com o Dia dos Pais, como uma maneira de agradar o pai, que se entusiasmava com assuntos sobre o naufrágio do Titanic.


Perda catastrófica

A expedição, que teve início no domingo (18), tinha como objetivo a observação dos destroços do famoso navio que naufragou em 1912. Dados da investigação apontam que o submersível implodiu devido à alta pressão no fundo do mar.


A Guarda Costeira dos Estados Unidos confirmou a morte dos passageiros na quinta-feira (22). Os destroços encontrados indicam que houve uma perda catastrófica da pressão da cabine do submersível.

A Universidade de Strathclyde disse estar “profundamente triste” com a morte do estudante Suleman Dawood.


“Os funcionários e alunos de Strathclyde ficaram chocados e profundamente tristes com a morte de Suleman Dawood e seu pai neste trágico incidente”, disse um porta-voz da Universidade de Strathclyde nesta sexta-feira.


(Com informações de Sharon Braithwaite, da CNN)

social aqui