04 de Julho de 2022 | 02:28
Campo Grande
-->
Noticia de: 01 de Abril de 2022 - 07:00
Fonte A - A+

SES abre 10 novos leitos neonatais na Maternidade Cândido Mariano

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), em parceria com a Maternidade Cândido Mariano, abriu 10 leitos de Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal Convencional (UCINCo) para atendimento a recém-nascidos considerados de médio risco, mas que demandam assistência contínua, porém de menor complexidade.

A medida vem para auxiliar a falta de leitos neonatais existente em Campo Grande. Os leitos intermediários disponibilizados à população foram viabilizados com recursos provenientes do Governo do Estado.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, a Maternidade Cândido Mariano recebeu do Governo do Estado, o repasse de R$ 3 milhões em recursos, e em contrapartida realizou a abertura de 10 novos leitos. “Em dezembro, havíamos realizado a abertura de quatro leitos UCINCo. Agora, com a abertura destes novos 10 leitos da UCINCo representa a materialização de um sonho que foi construído junto com a Maternidade Cândido Mariano, o Governo do Estado e o município. Nós aportamos recursos que possibilitou várias intervenções no hospital e agora recebemos esses leitos como contrapartida, totalizando 14 leitos. Isto significa que o Estado está dando a resposta à Saúde a altura”.

Para o presidente da maternidade, Daniel Gonçalves de Miranda, a entrega representa um compromisso firmado entre a Instituição, Governo do Estado e o município. “Sabemos da necessidade da gente ampliar o atendimento a toda a comunidade.  Nós somos atualmente a maior unidade neonatal com 55 leitos, isto nos orgulha muito pela resolutividade e assistência à população. Hoje a maternidade possui 155 leitos e ampliou a sua gama de atendimentos. Agora, além do atendimento ambulatorial, vamos retomar as cirurgias pediátricas, cirurgias ginecológicas e por vídeo - tudo oferecido pelo Sistema Único de Saúde”.

Presente no evento, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Paulo Correa, destacou a importância não só dos leitos para as crianças como das novas instalações da Maternidade Cândido Mariano. "É uma satisfação em estar presente onde eu nasci. Acho que 90% dos campo-grandenses nasceram aqui. Estamos aqui para fazer a ampliação da Maternidade que é um sonho do Daniel e dizer a você não está sozinho em nome dos 24 deputados do Estado. Se todo mundo pensar junto, Estado e Município, vamos chegar lá".

Sala recebe o nome de Mateus Moussa, neto de Isssam Moussa, ex-presidente da Maternidade Cândido Mariano

Em homenagem póstumas, a sala a qual abriga os 10 novos leitos leva o nome de Mateus Gonçalves Moussa, 8 anos, neto do médico e ex-presidente da entidade, Issam Moussa, que faleceu no ano passado vítima de acidente de trânsito. Estiveram presentes no evento de ativação dos leitos, além do secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, o secretário municipal de Saúde, Mauro Castro Filho, o presidente da Maternidade, Daniel Gonçalves de Miranda, enfermeiros e outros membros da equipe.

Maternidade Cândido Mariano

Durante o evento foi apresentado o novo projeto arquitetônico para o futuro Hospital Materno-Infantil. A Maternidade Cândido Mariano é um estabelecimento de referência à saúde da mulher e ao recém-nascido voltado para a capacitação de profissionais de saúde. Atualmente, é estabelecida como o maior hospital materno da região centro-oeste do país. Ao todo são 155 leitos e uma estrutura com capacidade para realizar 1.200 atendimentos de urgência e emergência e 800 internações mensais.

A unidade hospitalar é referência nacional em ginecologia obstetrícia e UTI Neonatal. Há 83 anos, faz parte do momento mais importante na vida dos sul-mato-grossenses - o nascimento. Sua meta é o cuidado com excelência, modernização e segurança, além do compromisso com o bem-estar de todos que procuram a Instituição.

Rodson Lima, SES

Fotos: Cyro Clemente/Divulgação

social aqui