19 de Setembro de 2021 | 21:26
Campo Grande
-->
Noticia de: 25 de Maio de 2021 - 07:00
Fonte A - A+

Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo completa 27 anos

O Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo completou na segunda-feira 27 anos. O espaço administrado pela Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS) faz parte importante da história do estado, muito mais que um cartão-postal guarda muitos capítulos da arte, da cultura e da política sul-mato-grossense. Um importante equipamento também para o Turismo de Negócios e Eventos em Mato Grosso do Sul.

O espaço chega a esse marco histórico em um cenário de pandemia, com a capacidade de público reduzida, cumprindo as orientações e normas de prevenção à Covid-19. “Estamos fazendo as adequações necessárias conforme as normas e protocolos de controle sanitário para a contenção da disseminação da doença. Mas confiantes num retorno total breve, responsável e seguro”, destaca o diretor-presidente da Fundação de Turismo, Bruno Wendling.

O espaço de eventos possui quatro auditórios, salões, restaurante, lanchonete, sala vip, sala de imprensa e ambulatório. Possui infraestrutura adequada para a realização de convenções, congressos, shows, palestras, treinamentos e apresentações culturais.

O auditório principal, Manoel de Barros, é dotado de poltronas fixas, palco de 23 metros com dois acessos laterais, vara de iluminação fixa, telão para projeção, quatro cabines, sala de aquecimento, seis camarins, sendo quatro individuais.

O Centro de Convenções conta ainda com outros três auditórios independentes, com capacidade para realização de eventos diferentes simultaneamente ou interconectados através de transmissão por telão, sendo eles: Auditório Germano Barros de Souza, Auditório Pedro de Medeiros e Auditório Tertuliano Amarilha.

O prédio está localizado em uma das maiores reservas ecológicas e urbanas do Centro-Oeste, num mosaico de belezas naturais, a edificação mantém sua arquitetura original desde a sua inauguração. O Centro de Convenções ocupa, sem dúvidas, um lugar especial na história da capital sul-mato-grossense e do estado.

Conforme a gerente do Centro de Convenções, Marlise Gasparetto, o espaço tem o reconhecimento do público. “Palco da cultura, da história e do desenvolvimento de Mato Grosso do Sul é destaque pela sua imponente arquitetura e estrutura, recebe do público há 27 anos, o reconhecimento pelo seu importante papel no segmento de eventos. Acreditamos que, em breve, retornaremos com a mesma intensidade na vida de todos, e estaremos de portas abertas para receber o calor da presença de cada um que constrói conosco a história do Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo”. 

História

Criado através do Decreto nº7.804 no dia 24 de maio de 1994, o Centro de Convenções – ainda conhecido como Palácio Popular da Cultura, passa a se chamar em 14 de dezembro de 2000 - Lei nº2191/2000, Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em homenagem póstuma ao arquiteto criador da obra. 

O Centro de Convenções do Centro-Oeste já foi agraciado e reconhecido diversas vezes, entre os prêmios estão: o Prêmio Imprensa de Turismo, pela Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo; Troféu de Qualidade Lojista, pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande/MS; Jacaré de Ouro Prêmio Caio 2002; Jacaré de Prata Prêmio Caio 2003 e Jacaré de Prata e Ouro Caio 2004.

Em 2019 novamente foi reconhecido, com o prêmio Jacaré de Prata na 20ª edição do Prêmio Caio 2019, como um dos melhores centros de convenções de médio porte das Regiões Centro-Oeste e Norte do país. A cerimônia de premiação aconteceu no Centro de Convenções do Expo Center Norte, em São Paulo. O prêmio busca reconhecer o trabalho de empresas e profissionais da Indústria Brasileira de Eventos e Turismo.

O “Prêmio Caio” é a mais importante premiação do segmento do país. Foi criado em 1999 com o objetivo de incentivar, reconhecer e valorizar o trabalho dos profissionais e das empresas que atuam na indústria brasileira de eventos. Os finalistas e vencedores de cada categoria são indicados por conceituados profissionais e entidades do mercado de eventos.

Raquel dos Passos, CConv e Fundtur/MS

social aqui