25 de Janeiro de 2021 | 21:42
Campo Grande
-->
Noticia de: 13 de Janeiro de 2021 - 15:19
Fonte A - A+

Covid-19: Vereadores destacam importância de projeto que viabiliza compra de vacinas

Após aprovação do projeto de lei que viabiliza a compra de vacinas contra a Covid-19, os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande destacaram a importância da proposta enviada pelo Executivo. O texto autoriza a aquisição de vacinas aprovadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e não fornecidas pelo Programa Nacional de Imunizações, com objetivo de garantir a cobertura total de toda a população do Município.

“Hoje, estamos aqui para dar um passo para que Campo Grande recomece e se recomponha através da saúde pública e da economia. A vacina sempre foi uma esperança para a humanidade. Hoje, aprovamos um projeto com segurança, pois ele prevê que a compra da vacina deve ser condicionada a sua aprovação pela Anvisa. Estamos, com a aprovação, dando a oportunidade para que Campo grande tenha uma outra vertente para adquirir as vacinas que não seja apenas do Governo Federal. Chega de politizar o tema”, disse o vereador Otávio Trad.

O projeto de lei 9.921/21, que foi aprovado por unanimidade em sessão extraordinária não-remunerada, que prevê a compra em caráter emergencial, em conformidade com a Medida Provisória 1026/21, busca facilitar a compra das vacinas, insumos e artigos necessários. Ela foi aprovada em regime de urgência, em única discussão e votação.

Segundo o vereador Dr. Jamal, a população sofre com a falta da vacina em um cenário em que brigas políticas têm sido constantes na esfera federal. “Estamos em uma pandemia de grande risco. A gente vê quantas e quantas pessoas estão morrendo todos os dias por falta de tratamento, e a vacina, sem dúvida nenhuma, é a melhor solução, não importa a indústria que vai fazer. Existe muita briga política, e quem está sofrendo é a população. Temos a obrigação de defender a população, o nosso Estado, e o Brasil. Temos que estar juntos”, cobrou.

O vereador Marcos Tabosa reafirmou o compromisso da Câmara Municipal com a população de Campo Grande. “Esta Casa tem um compromisso com a população, tem um compromisso com a família. Não vamos fugir da nossa responsabilidade. Vamos deixar claro que temos um compromisso com o erário público, e faremos a fiscalização de cada vacina que for comprada se preciso for”, avisou.

Para o vereador Prof. João Rocha, é preciso agilidade para compra e aplicação das doses. “Precisamos adotar a política de salvar vidas. Você salva quando tem agilidade e iniciativa. Essa Casa demonstra que está nessa esteira ao receber o projeto e convocar a sessão extraordinária. Um projeto que voto com tranquilidade e segurança para que possamos garantir a compra e vacinação com a maior agilidade possível. Esse projeto salva vidas”, afirmou.

Conforme o vereador Silvio Pitu, a vacina é a principal esperança da população para pôr fim a pandemia. “Não aguento mais receber fotos de pessoas queridas e entes entubados. Voto pela esperança que daremos aos comerciantes, que as pessoas voltem aos parques, as crianças voltem às aulas. Que possamos voltar a viver. Que essa vacina venha para dar tranquilidade a todo cidadão campo-grandense. Que isso seja feito com a maior rapidez possível”, defendeu.

Outro que defendeu celeridade na aplicação foi o vereador Dr. Sandro Benites, mas com responsabilidade. “A celeridade é fundamental, porém, antes, temos que levar em consideração, na aquisição, a segurança das vacinas, sua efetividade e o valor. Que a gente adquira a vacina mais eficiente, mais segura e que tenha o melhor custo benefício para a população”, pediu.

Já o vereador Ayrton Araújo parabenizou o Executivo pela iniciativa. “Estamos aqui, prontos para ajudar nossa Capital. Sofremos muito com perdas de vidas. Vidas não têm preço. Desde que seja comprada uma vacina eficaz, temos que fazer. O prefeito Marcos Trad está de parabéns. Assim como saiu na frente, no início da pandemia, hoje estamos aqui apoiando ele”, disse.

Para a vereadora Camila Jara, a compra de vacinas pelo Executivo Municipal repara possíveis erros cometidos pelo Governo Federal. “Temos que agradecer aos cientistas brasileiros que fizeram parte dessa pesquisa. Essa vacina traz esperança, mas também atesta a incompetência do Governo federal, já que iremos tirar recursos municipais para aquisição dessas vacinas. Estamos juntos com comprometimento pela vida e tentando reparar mais um erro do Governo Federal”, afirmou.

O vereador Betinho também defendeu a importância da aquisição de uma vacina eficaz. “No primeiro ato do Poder Legislativo desse ano, vemos a preocupação do Executivo e dessa Casa com o objetivo de salvar vidas. Está muito claro no texto a importância da vacina pela qual a população vai ter acesso com aprovação da Anvisa. Todos os cuidados estão sendo tomados para que seja a vacina mais eficaz que possa trazer essa segurança que a população tanto almeja”, comemorou.

Em sua fala, o vereador Coronel Alírio Villasanti lembrou dos profissionais que perderam suas vidas atuando na linha de frente do combate à Covid-19. “Temos que fazer uma homenagem aos profissionais da segurança e da saúde que estão na linha de frente de combate. Muitos morreram combatendo de forma muito profissional, com o coração na mão, a Covid-19”, frisou.

Por fim, o presidente da Câmara Municipal, vereador Carlão, destacou que o projeto salva vidas. “Com a aprovação deste projeto, vamos salvar vidas. Muitas pessoas estão paradas em suas casas, perdendo seus empregos. Temos que fazer nossa parte, e fazer com que o Executivo também cumpra sua função e não vamos abrir mão da fiscalização”, avisou o presidente da Casa, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão.

social aqui