11 de Dezembro de 2019 | 17:30

Campo Grande, MS °C
-->
Noticia de: 15 de Outubro de 2019 - 09:18
Fonte A - A+

Jamil Name e Jamil Name Filho são transferidos para presídio de Mossoró

Jamil Name é apontado pelo Gaeco como um chefes da milícia que agia em MS

A Justiça autorizou a transferência de investigados na operação Omertá para o Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. 


A decisão do Tribunal Regional Federal da 5º Região autorizou que Jamil Name, Jamil Name Filho, o policial Márcio Cavalcanti e o policial civil aposentado Vladenilson Olmedo sejam transferidos.


Os empresários Jamil Name e o filho, Jamil Name Filho, são suspeitos de chefiarem um grupo criminoso do jogo do bicho responsável pela execução de desafetos em Mato Grosso do Sul.


No sábado (12), os suspeitos foram levados para o Presídio Federal de Campo Grande depois de uma determinação da Justiça com base em um pedido da Polícia Civil e do Gaeco. 


Eles estariam planejando um atentado contra um dos delegados responsáveis pela investigação.


A transferência para Mossoró leva em conta a mesma suspeita. 


De acordo com a decisão da Justiça, os presos devem ficar por 70 dias em regime emergencial e após entrega de toda documentação podem permanecer por até doze meses no Regime Disciplinar Diferenciado. O advogado Renê Siufi, que defende os presos, não atendeu as ligações ao ser contactado.

social aqui