21 de Novembro de 2018 | 06:02

Campo Grande, MS °C
-->
Noticia de: 09 de Novembro de 2018 - 07:44
Fonte A - A+

Tribunal de Contas do Mato Grosso conhece no TCE-MS ferramenta E-EXTRATOR

A visita da equipe técnica foi formada por auditores de controle externo do Tribunal de Contas do Estado Mato Grosso ao TCE-MS. Os técnicos puderam conhecer com amplo detalhamento o Projeto E-EXTRATOR, a mais avançada ferramenta desenvolvida para a extração de dados, que associa extração de dados, mineração de dados, inteligência artificial e gestão de risco.

Os servidores do TCE-MT que participaram da reunião, Lisandra Hardy Barros, da Secretaria de Gerenciamento de Sistemas Técnicos do Controle Externo; Rodney dos Santos, Auditor de Controle Externo e Orlando Burti que é Analista de Sistemas foram recebidos pelo Diretor de Gestão e Modernização (DGM) do TCE-MS, Douglas Avedikian, e, também, pelo Chefe do Departamento de TI da DGM, Cleiton Barbosa Silva, que na ocasião explanou sobre as fases do Projeto E-EXTRATOR iniciado no final de 2016, bem como o status atual do projeto e sua evolução.

Na reunião, Douglas Avedikian abriu a apresentação mostrando a metodologia do E-EXTRATOR, o critério de extração de dados de diferentes bancos e a inovação de se instalar um servidor no datacenter de cada prefeitura. Destacou que a ferramenta eletrônica é capaz de buscar, de forma inédita, informações diretamente no banco de dados dos jurisdicionados (prefeitura e governo), bem como informações de outros bancos de dados, como notas fiscais, TCU, portais da transparência dentre outros.

Outro importante benefício do E-EXTRATOR apresentado pelo Diretor de Gestão de Modernização do TCE-MS, é que a ferramenta disponibilizará painéis aos prefeitos que poderão ser acessados no portal do jurisdicionado por meio de login e senha, onde poderão encontrar indicadores de gestão e de governança para auxiliar na gestão pública. Para que isso ocorra, “uma máquina física blindada foi instalada na Prefeitura de cada município para extrair todos os dados em diversos temas, como educação, medicamentos, compras, contratos-obras, portal da transparência, produtividade, indicadores da saúde, atenção básica na saúde, portal da transparência-folha, financeiro e balanços gerais; Tudo feito por meio de um link próprio em que os dados saem direto da fonte, e são enviados via link para dentro do Tribunal de Contas sem custo algum para a prefeitura”, ressaltou.

Na explanação, Avedikian ressaltou, ainda, que depois de realizado o trabalho de mineração, em que são extraídas somente as informações mais importantes, um banco de dados consolidado é criado, passando pela Inteligência Artificial onde as informações serão separadas por temas de cada respectivo órgão e prefeitura. Feito isso, os dados coletados, passam pela Gestão de Risco e a Gestão da Fraude, dando o surgimento a três tipos de painéis.

“Atualmente o TCE-MS possui 115 painéis específicos em diferentes temas que foram desenvolvidos desde fevereiro de 2017, e que depois de todo esse processo, serão entregues para o auditor de controle externo, para prefeitos contendo os indicadores de governança e de gestão, e para fomentar o controle social, serão entregues, também, painéis elaborados para a sociedade em geral”. Douglas, também, lembrou que: “A grande inovação e que nenhum outro Tribunal de Contas do País possui uma ferramenta de extração de dados como o E-EXTRATOR é a extração direta do banco de dados do jurisdicionado”.

Para concluir, o Diretor de Gestão e Modernização do TCE-MS destacou: “É importante salientar que hoje, em pleno século XXI, não basta apenas verificar se os gastos públicos estão dentro do limite adequado, o mais importante, é conferir a qualidade desses gastos, a qualidade da aplicação dos recursos públicos em benefício da sociedade e para isso o E-EXTRATOR é um importante aliado”.

social aqui