17 de Novembro de 2018 | 11:16

Campo Grande, MS °C
-->
Noticia de: 17 de Outubro de 2018 - 13:24
Fonte A - A+

Corinthians e Cruzeiro fazem final da Copa do Brasil nesta quarta

Chegou o grande dia. Nesta quarta, dia 17 de outubro, a partir das 20h45, Cruzeiro e Corinthians disputam o título da Copa do Brasil, no Itaquerão, em São Paulo. Como os mineiros venceram o jogo de ida, no Mineirão, por 1×0, um empate é suficiente. Vitória do Corinthians por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. Os paulistas só ficarão com a taça no tempo normal se vencerem por dois ou mais gols.


O Corinthians coleciona três troféus (1995, 2002 e 2009), enquanto o Cruzeiro, atual campeão, já é penta (1993, 1996, 2000, 2003 e 2017). Além do título, o campeão receberá uma premiação da CBF no valor de R$ 50 milhões, enquanto o vice fatura R$ 20 milhões.

As duas equipes têm problemas para o confronto. Para fazer história, se tornando o primeiro time hexacampeão da Copa do Brasil, e ter o primeiro técnico campeão de duas edições seguidas, o Cruzeiro vai ter que driblar algumas dificuldades.

Uma delas é o desfalque do atacante Sassá. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) negou o pedido de efeito suspensivo para ele, condenado a seis jogos de suspensão por agredir Mayke, do Palmeiras. Barcos e Raniel brigam pela titularidade.

Outro que não joga é Egídio, suspenso. O reserva imediato é Marcelo Hermes, mas o jogador atravessa má fase e pode dar espaço a Romero ou Patrick Brey. Já Arrascaeta, que jogou na terça (16) pela seleção do Uruguai, ficará no banco de reservas.

O Corinthians, que recebeu o apoio de 38 mil torcedores no seu último treino antes da final, ainda não sabe se poderá contar com o Léo Santos. O zagueiro, com dor na coxa, foi poupado da atividade e é dúvida. Caso não tenha condição de jogo, ele será substituído por Marllon ou Pedro Henrique.

O volante Renê Júnior, que passou por cirurgia no joelho, e o atacante Roger, que já disputou a Copa do Brasil pelo Internacional, são desfalques confirmados.

Por outro lado, a boa notícia é que o alvinegro terá a presença de Romero, que foi liberado dos treinos com a seleção do Paraguai e estará à disposição de Jair Ventura.

Tabu

O Corinthians terá ainda um tabu a quebrar. O alvinegro participou de cinco finais de Copas do Brasil e nunca ergueu um troféu diante do seu torcedor. Os títulos foram conquistados duas vezes em Porto Alegre e uma em Brasília. O time fez ainda uma final com o Sport, em 2008, fora de casa e perdeu. Em seus domínios, o único jogo de volta foi em 2001. Na ocasião, a equipe perdeu para o Grêmio.

social aqui